Oportunidades de pesquisa em saúde – editais abertos

O Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Ciência e Tecnologia, vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde, investe 45,2 milhões de reais em cinco chamadas públicas em temas variados para a saúde. O financiamento divide-se em doenças raras, alimentação e nutrição, cuidados à pessoa com deficiência doenças transmissíveis e negligenciadas e uma específica para malária.

Estão abertas até o dia 14/10/2019 as seguintes chamadas:

 

Chamada públicaInvestimento
Chamada para fomento a inquérito sobre perfil de doenças raras no BrasilR$ 3,5 milhões
Chamada para fomento a pesquisas de prevenção, detecção e combate à MaláriaR$ 10,2 milhões
Chamada para fomento a pesquisas sobre doenças transmissíveis e negligenciadasR$ 24 milhões
Chamada para fomento a pesquisas sobre alimentação e nutriçãoR$ 4,5 milhões
Pesquisas para fortalecimento dos objetivos e diretrizes da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS)R$ 3 milhões
Total:R$ 45,2 milhões

 

Podem concorrer aos editais pesquisadores com o título de doutor ou livre docência e que sejam vinculados a Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação. As propostas a serem financiadas na chamada deverão ter o seu prazo máximo de execução de três anos.

Todas as chamadas terão acompanhamento pelo Departamento de Ciência e Tecnologia visando o monitoramento e a avaliação dos projetos para que melhor atendam os interesses do SUS.

As chamadas estão disponíveis na plataforma do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), parceiro do Ministério da Saúde. As inscrições devem ser feitas pela Plataforma Carlos Chagas.

Para ter acesso aos editais, acesse o site: http://www.cnpq.br/web/guest/chamadas-publicas

Para informações adicionais, escreva para atendimento@cnpq.br .