Reunião do do Departamento do Distúrbio Mineral e Ósseo da Doença Renal Crônica (DMO-DRC)

Sábado  (03/08), os membros do Departamento do Distúrbio Mineral e Ósseo da Doença Renal Crônica (DMO-DRC) se reuniram na sede da Sociedade Brasileira de Nefrologia, em São  Paulo. Foi discutida a situação de acesso deficiente e irregular as medicações voltadas para o controle do metabolismo ósseo e mineral, tendo sido redigida uma carta destinada ao Ministério da Saúde explicando a importância do fornecimento regular dessas  medicações.  Além  disto, foram discutidos projetos e regras que envolvem a utilização do Registro Brasileiro de Biópsias Ósseas (REBRABO) e definidas aulas destinadas a educação medica continuada, sobre osteoporose e manejo do hiperparatireoidismo secundário baseado em caso clínico,  por meio de Podcast e Webmeeting. Finalmente, foram definidos os temas e os autores responsáveis pela atualização das Diretrizes Brasileiras para o Manejo do DMO-DRC, a qual passará a incluir as medicações incorporadas mais recentemente e o manejo da osteoporose na doença renal crônica, com lançamento previsto para o Congresso Brasileiro de Nefrologia em Fortaleza.