SBN marca presença em Oficina de Doença Renal Crônica em Brasília

No último dia 07 de agosto, nas dependências da Universidade de Brasília, Dr. Marcelo Mazza, presidente da SBN e Dr. Ciro Bruno Costa, vice-presidente  da Região Centro Oeste da SBN, participaram da Oficina de Doença Renal Crônica, promovida pela Coordenadoria Geral de Atenção Especializada da Secretaria de Atenção a Saúde do Ministério da Saúde.

Na ocasião, estiveram presentes também representantes da ABCDT e membros do CONASS e CONASEMS.

A reunião debateu a situação da Nefrologia no Brasil, focando principalmente os temas sobre acesso vascular, diálise peritoneal, hemodiálise e prediálise.

A SBN apresentou o Censo de diálise de 2018 e apontou o levantamento efetuado por suas regionais, que estimou mais de 1000 pacientes realizando hemodiálise em ambiente hospitalar, por não encontrarem vagas nas unidades de diálise em suas respectivas cidades.

Os dados foram confirmados por estimativas do próprio Ministério da Saúde (MS), que foram mostrados na reunião.

Ainda durante o encontro, a SBN entregou aos representantes do MS, um documento elaborado por seu Comitê de Diálise Peritoneal, que elenca as principais sugestões para a retomada deste método no Brasil. Além disso, outro documento, já entregue em reunião com o Ministro Mandetta, em Campo Grande, foi ofertado  tratando da situação emergencial por qual passa a HD no país.

Outro documento, entregue pela SBN, foi o da revisão dos procedimentos nefrológicos da Tabela SUS, inserindo o nefrologista em procedimentos como o da realização de  ecodoppler de vasos para avaliação de fístulas e de ultrassonografia do aparelho urinário – demanda essa que será encaminhada diretamente ao MS.

Ao final da reunião, um relatório que reunirá as principais sugestões discutidas na oficina foi redigido para que o MS, junto as entidades, tracem as principais estratégias para o enfrentamento da crise nefrológica brasileira.

No próximo dia 16 de agosto, haverá nova reunião com o Ministro da Saúde, onde serão discutidos outros pontos de interesse do(a) nefrologista.